XXII Bike Fest - Tiradentes - MG - Junho de 2014

Um pouco de história

Historia, gastronomia, artesanato, cultura, ecoturismo, tranquilidade... É difícil definir a cidade de Tiradentes em poucas palavras. Justamente por isso, a charmosa cidade mineira atrai tantos visitantes, que podem conferir as diversas atrações e as opções de passeios para os mais variados gostos. Cada museu, igreja, rua ou praça oferece uma história diferente, contada por guias ou moradores que recebem os turistas com muita hospitalidade. O calendário de atrações culturais da cidade é extenso, com eventos durante o ano inteiro:

Mostra de Cinema, Carnaval, Semana Santa, Jubileu da Santíssima Trindade, Encontro de Motos e Festival de Cultura e Gastronomia, entre outros. Fundada no início do século XVIII, Tiradentes possui aproximadamente sete mil habitantes e oferece infraestrutura completa para o turismo: restaurantes, ponto de táxi, serviço de informações, farmácias, posto de gasolina e lojas de artesanato. A hospedagem é um capítulo à parte. Dados de 2007 indicam que a cidade possui mais de 150 pousadas e hotéis, com opções para quem viaja sozinho, casais, famílias e grupos.

Durante a visita a Tiradentes, o turista perceberá como a história da cidade está muito ligada aos acontecimentos políticos e econômicos do Brasil Colônia, do Brasil Império e também do Brasil República. Listamos, a seguir, os principais fatos históricos relacionados à cidade, que, com mais de 300 anos, encanta pela elegância, charme e tradição. Os acontecimentos são acompanhados de pequenas descrições sobre o contexto da época para facilitar o entendimento da breve sequência histórica.
1702: A história da cidade teve início quando o bandeirante paulista João de Siqueira Afonso localizou filões de metais preciosos na região do Rio das Mortes e fundou o Arraial Velho de Santo Antônio, que posteriormente viria a ser Tiradentes. Naquele período, o Ciclo do Ouro estava em expansão na região das Minas Gerais, com a fundação de diversos arraiais em localidades onde eram encontradas riquezas naturais.

1718: Elevação do arraial à condição de Vila de São José del Rei. Segundo informações históricas, o nome São José adveio de uma homenagem ao príncipe português Dom José I. Desde a fundação, o arraial se expandiu aos poucos, pois constituía uma das rotas comerciais existentes e, com isso, ganhou importância no cenário das Minas.
1860: A Vila de São José del Rei foi elevada à categoria de cidade. Com a presença do poder imperial no Brasil, qualquer menção a Tiradentes e seus companheiros de Inconfidência Mineira podia ser encarada como uma ameaça à monarquia no país. Seria preciso que os ares republicanos permitissem nova alteração no nome do local.
1889: Após a proclamação da República, o alferes Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes), antes considerado um inimigo do Império, foi transformado em herói nacional e homenageado com o nome da bela cidade.
1938: O charmoso conjunto arquitetônico da cidade de Tiradentes foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em um período cujo nacionalismo estava em alta através da figura do então presidente Getúlio Vargas.
Na segunda quinzena de junho de 2014, o ronco dos motores toma conta de Tiradentes. A cidade histórica recebe o XXII Tiradentes Bike Fest, o mais tradicional encontro de motos do Brasil. O Encontro de Motos Clássicas, conhecido também como Bike Fest, começou em 1992. O encontro de amigos apaixonados por Harley-Davidson foi crescendo a cada ano e a cada ano reúne em Tiradentes milhares de motociclistas de todo o Brasil. O evento conta com uma estrutura de qualidade, profissionalismo, além da sua essência: a paixão pelas motos, a celebração da amizade e o espírito de liberdade que as máquinas de duas rodas proporcionam.




Deixe uma mensagem

         
         
         
         
         
         
         
         
         
         
         
         
         
         
         
         


Deixe uma mensagem












Subir